Vestibular

 

Os professores do Programa de Extensão de Apoio às Práticas Patrimoniais do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), Daniele Luckow e Ricardo Brod Mendes, realizaram nesta quarta-feira (1°) a apresentação do projeto do Memorial do Pelotas Parque Tecnológico. A iniciativa irá homenagear o arquiteto argentino Eladio Dieste e será inaugurada durante as comemorações dos 210 anos de Pelotas em 2022.

Durante a cerimônia os docentes da Católica detalharam como será o Memorial que pretende recuperar a obra do homenageado, autor do projeto do prédio do Pelotas Parque Tecnológico. A proposta, segundo os professores, é valorizar e tornar ainda mais conhecida a obra de Dieste, considerado um dos mais importantes arquitetos da América Latina. O projeto conta com o apoio do Consulado do Uruguai no Brasil.

A prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas, destacou a importância da execução do projeto, como uma forma de unir Brasil e Uruguai, além de tornar o Parque mais um local turístico do município. “ Essa descoberta, que o grande engenheiro Dieste teve participação na construção do Parque, é uma dessas situações que convergem para o sucesso da iniciativa, que tem tudo a ver com a cultura de Pelotas, com o desenvolvimento tecnológico, com a arquitetura da cidade e, também, com a base fornecida pelas universidades. Esse projeto abre um novo canal de diálogo com o Uruguai, um país tão próximo da gente, em estilo de vida e características físicas. Fico muito feliz dessa relação com Pelotas, que será mais um atrativo turístico”, afirmou chefe do Executivo.

Estiveram presentes na cerimônia o filho do homenageado, Estevan Dieste, e o  engenheiro Gonzalo Larramberere, do Escritório Dieste Y Montañez AS, que colaborou para a elaboração do projeto. Também acompanharam o lançamento o chefe de gabinete da reitoria da UCPel, Demócrito dos Santos, e o coordenador do Ciemsul, Fábio Castro Neves.

 

Redação: Alessandra Senna

Colaboração: Ascom/Prefeitura de Pelotas