Vestibular UCPel

No Dia Mundial da Arquitetura, a Universidade Católica de Pelotas (UCPel), destaca seu curso de Arquitetura e Urbanismo,que há 33 anos tem sido uma referência para aqueles que sonham em construir um futuro sólido e inspirador. Com uma trajetória marcada pelo compromisso com a estrutura acadêmica e a formação integral de seus alunos, a UCPel busca se destacar  como uma instituição de ensino que oferece não apenas conhecimento teórico, mas também oportunidades práticas no mercado de trabalho e experiências enriquecedoras de vida. 

Gustavo dos Santos, um dos muitos talentos formados pela universidade, encontrou sua paixão pela arquitetura ainda quando criança, sendo apaixonado por maquetes desde a infância. Seu amor, habilidade e dedicação os levaram a conquistar o primeiro lugar em dois concursos de maquetes durante o Ensino Médio em sua cidade natal, Jaguarão.  Ao concluir este período de estudos, Gustavo conseguiu uma bolsa de estudos Dom Antônio Zattera, que foi de extrema importância para a sua formação acadêmica. Em 1998, deu início na faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Católica de Pelotas. 

Durante a sua jornada acadêmica, teve a oportunidade de estagiar na área em que sempre gostou, na maquetaria, sob orientação do professor Cláudio Pinto Nunes. Também trabalhou em projetos, como o “Monumenta Pelotas”, implementado em parceria com a Prefeitura de Pelotas. Após se formar, continuou sua carreira profissional trabalhando na maquetaria da UCPel, onde está há 14 anos, conciliando o trabalho na instituição com projetos paralelos de obras em Jaguarão.

A coordenadora do curso, Laura Zambrano, destaca que o diferencial da UCPel em relação às outras instituições de ensino se manifesta em diversos aspectos, desde corpo docente à infraestrutura. Com uma estrutura moderna e completa, a universidade oferece aos alunos acesso a uma maquetaria equipada com tecnologia de ponta, incluindo impressoras 3D e cortadores a laser. “Esses recursos não apenas enriquecem o aprendizado em sala de aula, mas também são utilizados em projetos de extensão que beneficiam a comunidade, como a produção de equipamentos de proteção durante a pandemia da COVID-19”. 

No último ano, o curso de Arquitetura e Urbanismo da universidade recebeu o prestigiado conceito 5 no MEC – Ministério da Educação. Esse reconhecimento não só reflete a qualidade acadêmica da instituição, como também o compromisso em todos os aspectos educacionais. A avaliação abrangeu três principais áreas: infraestrutura, corpo docente e projeto pedagógico. 

Infraestrutura avançada para estimular o aprendizado

A infraestrutura da universidade está sempre em contínua evolução, sendo projetada para proporcionar um ambiente propício ao aprendizado e convivência entre os estudantes. Com salas de aula flexíveis e acolhedoras, salas flexíveis, que permitem diferentes organizações de layout, e estimulam a inspiração dos alunos em seu processo de aprendizagem. 

Para a arquitetura, destacam-se espaços como a maquetaria, que é equipada com recursos de última geração, como as impressoras 3D e cortadores a laser. Os laboratórios de informática também são adaptados ao curso de Arquitetura e Urbanismo, com programas especializados e computadores capazes de suportar aplicativos da área. Além disso, a UCPel possui uma biblioteca que oferece além de um acervo físico, um acesso digital, abrangendo no total mais de dez mil livros. 

Corpo Docente de alta qualificação

O corpo docente do curso de Arquitetura e Urbanismo é composto por profissionais altamente qualificados, possuindo mestres e doutores, além de serem atuantes no mercado de trabalho. Cerca de 60% dos professores mantêm uma atividade profissional paralela no mercado de trabalho, com escritórios próprios, trazem oportunidades de estágio para os alunos e uma bagagem de experiências e vivências práticas para dentro das salas de aula. 

Projeto pedagógico alinhado com as demandas sociais e profissionais

No ano de 2023, o projeto pedagógico do curso, alinhado com as demandas sociais e profissionais, passou por recentes atualizações, incorporando as diretrizes da curricularização da extensão estabelecidas pelo MEC. Atualmente, existem três programas de extensão para os alunos de Arquitetura e Urbanismo: Habitat Social, Maquetaria Digital e Programa de Apoio às Práticas Sociais – desenvolvidos para promoverem uma integração mais profunda entre os alunos e a comunidade.

O programa Habitat Social, por exemplo, aborda questões de sustentabilidade e urbanismo, permitindo aos alunos trabalharem em projetos reais que impactam diretamente nas comunidades locais. Isso inclui desde requalificação de praças até o apoio à obras de infraestrutura em diversas áreas da região. Atualmente, os estudantes participam do processo restaurativo da Igreja do Porto, além da Catedral Metropolitana São Francisco de Paula. No ano passado, os alunos apresentaram diagnóstico de revitalização para uma das praças de Pinheiro Machado.

Além disso, a UCPel também adota uma abordagem proativa no acompanhamento do progresso acadêmico de todos os alunos da universidade, por meio de avaliações diagnósticas e formativas. Acontecendo sempre no início de cada semestre, esses meios permitem os professores a direcionarem o aprendizado de forma personalizada, incentivando o desenvolvimento contínuo e o aprimoramento das habilidades dos estudantes, além de saberem das dificuldades de cada um. 

Assim, a Universidade Católica de Pelotas sempre busca aperfeiçoar o aprendizado e as experiências de seus estudantes, visando ser destaque não só no ensino, mas também nas memórias e construção do futuro de cada um que passa pela Universidade. 

Redação: Nátalli Nott Bonow