Vaquinha virtual arrecada verba para finalização de casas dos Kaingangs

Lançada no dia do índio, em 19 de abril, a vaquinha virtual destinada para finalização de 13 casas da comunidade Kaingang em Pelotas ainda está bem longe da meta de R$ 12 mil. Proposta pelo Núcleo de Extensão Habitat Social da Universidade Católica de Pelotas (UCPel), a iniciativa visa levar um pouco mais de conforto às moradias básicas, que estão sendo construídas na Aldeia Gyró, situada na Colônia Santa Eulália.    
 
Através da parceria do curso de Arquitetura e Urbanismo e Direto da UCPel, Ministério Público, Prefeitura de Pelotas e empresas privadas, as novas casas ganham forma e serão responsáveis por amenizar as dificuldades enfrentadas pelo índios. Especialmente as climáticas, evidenciadas com a chegada do inverno. 
 “Com a vaquinha esperamos ter um reforço financeiro para a compra de complementos importantes para a finalização das moradias”, explica a coordenadora do Núcleo, professora Joseane Almeida. Construídas através de verba do Ministério Público, as residências contam com mão de obra dos próprios índios, supervisionados por acadêmicos e professores da UCPel. 
Para aderir a causa, basta doar qualquer quantia através desde link https://www.vakinha.com.br/vaquinha/uma-troca-mais-justa-comunidade-kaingang-gyro . O término das obras está previsto para o final do mês de junho. Doações de materiais hidráulicos e elétricos também serão aceitos, complementa o professor e integrante do Núcleo, Ricardo Brod.
Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas www.facebook.com/habitatsocialucpel
Redação: Rita Wicth – MTB 14101 

foto da notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *